Para desenvolver um projeto de decoração é necessário um bom planejamento e conhecimento sobre a temperatura das cores, pois um dos principais detalhes que podem transformar o ambiente, tanto positiva como negativamente, é a escolha da iluminação correta.  

 

    A temperatura de cor consiste na aparência cromática da luz, emitida por uma fonte luminosa. Ela é medida em Kelvin (K) e quanto mais alta for a temperatura de cor, mais clara será a tonalidade da luz emitida. Por exemplo, quando falamos em luz quente ou fria, não nos referimos à temperatura física da lâmpada, mas sim à sua tonalidade.
    
    As lâmpadas quentes possuem temperatura de cor em torno de 2700K e lâmpadas frias possuem temperatura de cor em torno de 6500K.

 

 

    Ter conhecimento dessas informações é de extrema importância no momento de definir a temperatura de cor para cada ambiente, à medida que luzes com tonalidades de cor mais quentes são mais aconchegantes, sendo ideais para salas de estar e quartos por exemplo. Já as luzes mais claras são mais estimulantes e geralmente são utilizadas em ambientes de trabalho, como nos escritórios.

 

 

Quer saber mais sobre iluminação?

 

Para mais curiosidades acesse os demais conteúdos do nosso blog e siga nosso Instagram:

@luxfortdobrasil.com.br