Signify (ilustrativo)

 

Philips Lighting anuncia intenção de mudar o nome da empresa para Signify, mantendo a marca Philips para seus produtos.

 

A Philips Lighting, uma das marcas líderes mundialmente em iluminação, anunciou hoje a intenção de mudar seu nome de Philips Lighting para Signify. A escolha do nome da nova empresa decorre do fato de que a luz se torna uma linguagem inteligente, que conecta e transmite um significado.

 

A empresa continuará a usar a marca Philips, considerada por muitas empresas a marca de iluminação mais confiável do mundo, no âmbito do contrato de licenciamento existente com a Royal Philips.

 

“Estamos ansiosos para anunciar o nome da nossa nova empresa como mais um passo na nossa jornada de transformação”, disse Eric Rondolat, CEO da Philips Lighting. “Nosso novo nome de empresa é uma expressão clara de nossa visão estratégica, é também uma fabulosa oportunidade de apresentar uma nova aparência corporativa, que é exclusivamente nossa, e vai servir para unir nossos 32 mil funcionários. Ao mesmo tempo, ficamos orgulhosos de continuar a usar a marca Philips em nossos produtos”, concluiu Eric.

 

As raízes da Philips Lighting datam de mais de 125 anos da empresa fundada por Frederik e Gerard Philips em 1891 na cidade holandesa de Eindhoven. Ao longo de sua história, a empresa esteve na vanguarda de muitos dos principais avanços da indústria de iluminação. Hoje, lidera a indústria em todo o mundo em iluminação convencional e iluminação LED.

 

O novo nome da empresa satisfaz os requisitos contratuais da empresa no âmbito do Contrato de Licença de Nome com a Royal Philips, que exige que ele mude antes de completar 18 meses, partindo da data que a Royal Philips não possuir mais participação controladora.

 

Em vista da renomeação da empresa, uma proposta de alteração dos artigos de associação da Philips Lighting NV será submetida à Assembléia Geral Ordinária de Acionistas que será realizada em 15 de maio de 2018. O “ticker” de bolsa da Philips Lighting permanecerá LIGHT.